De Faxineiro a dono do WhatsApp

whatsapp

Com a venda do WhatsApp para o Facebook no início de 2014 por US$ 19 bilhões, o ucraniano Jan Koum, um dos criadores do aplicativo, passou a fazer parte do clube de bilionários do Vale do Silício. Segundo a revista Forbes, ele era proprietário de 45% do WhatsApp, o que equivale a US$ 6,8 bilhões do acordo.

Porém, a vida de Koum nem sempre foi cercada de sucesso e dinheiro; a poucos metros da sede da empresa em Mountain View está o antigo escritório da North County Social Services, onde o executivo ia buscar vale-alimentação que ajudava a pagar as contas de casa quando ele era jovem.

 

Ele nasceu no dia 24 de fevereiro de 1976 em um vilarejo próximo a Kiev a capital da Ucrânia e em sua casa não tinha água quente. Com 16 anos foi para os Estados Unidos com sua mãe, fugindo do clima antissemita que pairava sobre seu país natal. Como moravam em um pequeno apartamento de dois quartos graças à assistência do governo norteamericano, a mãe de Koum saiu da Ucrânia com a mala cheia de canetas e cadernos para evitar gastos com material escolar. 

Enquanto ela trabalhava como babá, para sustentar a família, Jan trabalhava como faxineiro em um supermercado para ajudar nas contas. Poucos anos depois, ele conseguiu uma vaga na Universidade de San Jose, mas não chegou a concluir o curso. Com 18 anos entrou para um grupo de hackers chamado w00w00 e depois foi trabalhar como verificador de segurança da Ernst & Young. Entre 2000 e 2007 ele começou a trabalhar no Yahoo!, onde conheceu Brian Acton, cofundador do Whats App. 

Ambos sairam da empresa em 2007, sendo que Acton tentou vagas de emprego em outras empresas do Vale do Silício, incluindo o Twitter e o Facebook, sem sucesso. Em 2009 a dupla teve a ideia de criar o WhatsApp. Em abril deste ano o serviço atingiu o número de 500 milhões de usuários.

fonte: infomoney

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>